Skip to main content

É notório que a pandemia tornou o home office muito mais popular em uma velocidade surpreendente. Esse novo modelo de trabalho fez com que novas tecnologias surgissem e fossem adaptadas para viabilizar que as atividades fossem realizadas remotamente. Com isso o data center corporativo não era mais o centro de dados para dispositivos e usuários, o futuro agora estava na nuvem. Porém, com esse avanço tecnológico, a segurança da informação das empresas ficou mais vulneráveis a ataques e vazamento de dados, visto que os invasores também conseguiram aprimorar suas ações. 

O lado bom é que proteções eficientes já tinham sido estudadas, como é o caso do SASE (Secure Access Service Edge), criado pelo Gartner em 2019. E que com o tempo, essa abordagem foi adaptada para a realidade das empresas, dando origem ao SSE (Service Security Edge). O SSE combina a rede de longa distância definida por software (SD-WAN) com a segurança de acesso. No artigo de hoje, vamos entender mais sobre como SSE pode ajudar na segurança do trabalho remoto. Continue a leitura!

Segurança no trabalho remoto

Uma pesquisa sobre segurança no trabalho remoto e híbrido, realizada pela Check Point Software, revela que as ameaças e os ataques cibernéticos aumentaram à medida que as empresas foram aderindo aos dois modelos de trabalho em razão do surgimento da pandemia de covid-19. Isso ocorreu devido a necessidade dos dados migrarem para a nuvem, ficando fora do perímetro de segurança das empresas.

Com funcionários trabalhando remotamente, o tráfego de dados sendo feito pela nuvem e as aplicações se tornando software como serviço (SaaS), é necessário que a segurança da empresa também se adapte a essa nova realidade. O perímetro tradicional desapareceu e o antigo modelo de segurança não atende essas mudanças, o que deixa a sua empresa vulnerável para ataques de cibercriminosos. É necessário mover seu ponto de inspeção. 

Nesse sentido, as limitações ficam um pouco mais confusas. Isso porque antes achávamos que nossos dados estavam na nossa rede, que acreditamos ser segura, mas agora os dados não estão nem na nossa rede, nem nos nossos usuários. E para proteger seus dados e informações nesse novo modelo de navegação, você pode contar com o SSE (Security Service Edge). A tecnologia fornece pontos de inspeção distribuídos que chegam o mais próximo possível do lugar e da maneira como os dados são acessados, seja na nuvem ou em um aplicativo privado.

Além disso, o SSE reconhece os detalhes sobre os dados acessados, permitindo que  todas as decisões de segurança sejam tomadas de forma personalizada e em tempo real. Essa abordagem integra todas as soluções de segurança em um único sistema, o que facilita a implementação, o acompanhamento e o controle dos acessos e dos dados confidenciais da sua empresa.

Nesse cenário, no qual as empresas adotaram o home office e os colaboradores se espalharam por várias localizações geográficas, causando a eliminação de um perímetro, a solução SSE se tornou indispensável. O SSE permite que a segurança esteja ao lado de onde os dados, as aplicações e as pessoas operam. Dessa forma, sua empresa consegue aderir a segurança na nuvem com tudo o que é necessário para garantir essa proteção em um mundo no qual os funcionários estão distribuídos.

O SSE é a solução de segurança capaz de proteger não apenas o acesso aos dados, mas também ao uso dos dados confidenciais da sua organização.

Benefícios do SSE para o trabalho remoto

Entendemos então que o principal desafio do trabalho remoto é garantir a segurança da informação. É preciso contar com soluções eficientes e que busquem proteger seus dados, mesmo em uma realidade em que não há um perímetro e os dispositivos e funcionários estão distribuídos pelo mundo. Nesse sentido, SSE tem um papel muito importante, pois possui benefícios que irão ajudar a manter o ambiente remoto de trabalho seguro. Confira:

  • Segurança de endpoints

Com o trabalho remoto, ocorreu o aumento de endpoints não gerenciados em redes de escritório baseadas em nuvem e que estão espalhadas por vários locais. Com o SSE, que tem como funcionalidade garantir a segurança na borda da rede, é possível contar com endpoints seguros. Além disso, como já vimos, os administradores podem coletar informações sobre dispositivos não autorizados para personalizar o acesso e torná-los compatíveis com as políticas de dados da empresa.

  • Integração de soluções:

SSE permite a integração dos sistemas de segurança em um único local, ou seja, todos os recursos (CASB, SWG, ZTNA e outros) são adquiridos em uma única transação e estão integrados. Com isso, você possui uma segurança mais rápida e eficiente, podendo fazer, através de uma mesma iniciativa, vários controles  que antes eram pontuais. O SSE funciona como um cérebro que adquire informações de todas as soluções para tomar decisões sobre como se comportar.

  • Facilidade na aplicação de políticas:

Com a inclusão de um CASB e um SWG, e como todas as soluções são adquiridas de uma vez, o SSE automatiza a aplicação de políticas de segurança. Implementar cada serviço e cada política de forma independente requer muito trabalho, com esse benefício, o SSE oferece facilidade da aplicação de políticas e reduz consideravelmente o trabalho da sua equipe de TI.

  • Acesso Zero Trust

O SSE conta com o modelo de segurança de rede Zero Trust. Esse modelo é baseado na filosofia de que nenhuma pessoa ou dispositivo, dentro ou fora da rede, deve receber acesso para se conectar a sistemas ou serviços de TI até que seja autenticado e verificado. O Zero Trust Network Access (ZTNA) é um dos pilares do SSE, que permite o acesso seguro de qualquer local e dispositivo remoto. Isso pode ser feito por uma combinação de fatores como: identidade do usuário, localização, hora do dia ou tipo de serviço.

Como vimos, atualmente é imprescindível contar com a abordagem SSE se sua empresa deseja manter os dados e informações confidenciais seguras. A tecnologia avançou e permitiu novas formas de navegação e as soluções de segurança da sua empresa devem acompanhar esse avanço em busca de evitar ataques ou acessos indesejados. Conte com o time Contacta para te ajudar na adoção dessa solução. Fale com um de nossos especialistas!