Skip to main content

As empresas estão enfrentando desafios contra uma enxurrada de ataques e ameaças de cibercriminosos e isso se dá por diversos motivos, como o lucro que esses ataques geram para os cibercriminosos. Os cibercriminosos da atualidade utilizam táticas evasivas para entrar nas redes das empresas visadas, através de métodos estritamente direcionados e então colocam em prática os ataques avançados em larga escala. Com soluções de segurança tradicionais a empresa não se dará conta que está sendo alvo de um ataque cibernético.

Threat Prevention, detecta, analisa e evita as ameaças de malware que evoluíram para contornar os métodos de segurança tradicionais usados pelas empresas.

Vem com a gente conhecer rapidamente sobre essa solução.

Quais são os objetivos do Threat Prevention?

Já sabemos o que é o Threat Prevention, mas existem três objetivos considerados principais do Threat Prevention:

Detecção precoce contra ameaças: detecta ameaças em potencial antes que elas tenham a oportunidade de acessar dados considerados críticos;

Proteção adequada contra ameaças: capacidade de se defender contra as ameaças detectadas rapidamente;

Resposta contra ameaças: capacidade de mitigar ameaças e responder a incidentes de segurança

Quais componentes e funções o Threat Prevention oferece?

Visibilidade em tempo real: monitoramento contínuo e visibilidade em tempo real, detectando antecipadamente as ameaças

Contexto: eficácia na segurança com alertas de ameaças que contenham contexto, permitindo que a equipe de segurança priorize as ameaças com eficácia e organizem as respostas

Conscientização de dados: conhecimento profundo dos dados da empresa, como sensibilidade, valor e demais fatores que possam contribuir para a formulação de uma resposta apropriada

Quatro etapas do Threat Prevention

Threat Prevention possui quatro etapas para a prevenção de ameaças cibernéticas:

Proteção do perímetro;

Proteção dos colaboradores de onde quer que estejam trabalhando;

Segmentação de rede inteligente;

Encontrar e controlar os problemas com agilidade e rapidez.

Casos de uso do threat protection

Existem alguns casos mais comuns do uso Threat Protection:

Prevenção de malware;

Proteção avançada contra ameaças;

Detecção de anomalias de comportamento;

Impedir phishing na nuvem;

Detectar ameaças internas;

Anomalias de aprendizado de máquina;

Você viu o quão potente é essa solução? E tem mais, essa solução faz parte da Arquitetura SASE, o poder da nuvem que está mudando o mundo.

Proteja sua empresa contra as ameaças da Web, fale com um dos nossos especialistas e saiba mais.

Para maiores informações sobre o tema consulte um de nossos especialistas