Skip to main content

Acesso Remoto Seguro é importante para o seu negócio por diversos motivos, agiliza as atividades da sua empresa, melhora o desempenho, reduz custos em relação a deslocamento e otimiza a produção, e vamos falar mais a fundo nesse artigo sobre cada um desses pontos.

 

É importante já citar que o uso do acesso remoto por ser fácil disseminar informações, requer um pouco de atenção e cautela, pois cibercriminosos ficam apenas esperando brechas vulneráveis para invadir os sistemas.

 

Se não tiver toda uma infraestrutura bem estruturada voltada para segurança da informação, com políticas de segurança e soluções de segurança adequadas, a empresa pode correr o risco de sofrer um ataque de ransomware e ter seus registros e informações interceptados, o que pode ameaçar toda credibilidade da empresa perante ao mercado e ao seu cliente, além de expor os dados dos clientes.

Calma, que durante todo esse artigo vamos ver o que é o acesso remoto seguro, como ele funciona, vantagens, sua importância e muito mais. Então vem com a gente entender tudo. 

O que é acesso remoto?

Acesso Remoto é um recurso onde permite o colaborador acessar o computador ou corporativo por meio de outros dispositivos, sem que esteja no local de trabalho, dessa forma é possível acessar documentos, dados, e-mails, arquivos de maneira remota.

Ah, uma outra maravilha do Acesso Remoto é que os dispositivos não precisam estar conectados fisicamente para o colaborador ter acesso aos serviços e informações da empresa, isso se dá pela conexão a distância, que permite controle total para editar, salvar e transferir arquivos.  O que significa poder estar em casa, em um restaurante, shopping, aeroporto, qualquer lugar e  poder acessar qualquer recurso, dado, documento da empresa por meio de um notebook, smartphone ou tablet.

E por essa razão, é preciso que a empresa tenha uma infraestrutura de segurança da informação bem elaborada e com políticas de segurança bem explícitas. Embora o acesso remoto facilite muito a vida de diversas empresas, ele pode ser um perigo se o seu acesso for feito de maneira errada e descuidada.


Como acesso remoto funciona?

A partir de uma rede virtual privada com o objetivo de conectar um dispositivo, seja um notebook, tablet, smartphone ou computador a um servidor, onde o sistema corporativo da empresa em uma rede informatizada que o funcionamento do acesso remoto acontece.

Simplificando ainda mais, acesso remoto tem como função interligar diferentes pontos de contato (dispositivo e servidor de destino) por meio de uma VPN – Virtual Private Network (em tradução livre, significa Rede Privada Virtual) que cria uma espécie de túnel protegido na internet, através desse túnel é possível acessar os documentos, e-mails e sistemas na nuvem da empresa sem que aconteça interceptação de administradores de redes diferentes.  

Não se assuste, a gente vai ver já no próximo tópico as tecnologias usadas para o acesso remoto seguro acontecer, bem como o que cada uma faz quando são utilizadas juntas, mas por enquanto vamos ver como o Acesso Remoto Seguro funciona e o que ele faz:

Protege endpoints dos usuários remotos e seus dispositivos: proteger endpoints em um data center é até simples se comparado com a proteção de endpoints de usuários remotos, e tem uma explicação para isso, usuários remotos geralmente usam diversos e diferentes dispositivos ao longo de um dia útil. Dessa forma o software antivírus deve ser instalado em TODOS os dispositivos de endpoint (tanto faz se for PC, Mac, Linux, iOS ou Android). É preciso que os colaboradores mantenham a proteção atualizada para terem acesso aos documentos da empresa e isso precisa estar claro na política de segurança da empresa;

 

Impede que o acesso remoto aumente a superfície de ataque: ataques de ransomware geralmente procuram servidores RDP (Remote Desktop Protocol, ou em português, Protocolo de Área de Trabalho Remoto), que permite que usuários consigam ter acesso às suas respectivas áreas de trabalho sem que seja necessário estar fisicamente próximo a seus computadores. A forma mais comum de conexão a esse serviço é através de um cliente disponível por padrão no Windows. Pressionando o menu Iniciar e pesquisando por Remote Desktop é possível encontrá-lo. E a preocupação sobre o RDP é que por ser um serviço que normalmente é disponibilizado diretamente na Internet, ele se torna muito suscetível a ataques dos mais diversos tipos. Por essa razão a configuração do acesso remoto é importante para não representar riscos à organização, portanto evitar abrir portas de acesso remoto, a menos que os firewalls estejam configurados para responder apenas a endereços IP conhecidos de administradores de sistema;

 

Adota a autenticação multifator: a autenticação de dois fatores é algo maravilhoso, pois oferece uma camada adicional para o processo de login e senha da conta, requer que os usuários forneçam geralmente a senha de acesso e a segunda etapa pode vir através de um código de itoken, de um sms, um e-mail, as vezes ligação e pergunta de segurança. Isso aumenta a garantia de que somente usuários verificados tenham acesso aos recursos da empresa; 

Utiliza VPN: usuários remotos precisam se conectar através de uma rede Wi-Fi segura, porém algumas vezes pode acontecer dessa conexão vir de uma rede Wi-Fi de um aeroporto, por exemplo, que pode ser considerada não confiável. O papel da VPN é eliminar esse risco, vamos ver no próximo tópico um pouco mais sobre a VPN e seu papel;

 

Normaliza os logs e o rastreamento das informações de segurança: as ferramentas de SIEM (Gerenciamento e Correlação de Eventos de Segurança) registram o tráfego de dispositivos e podem repentinamente considerar os usuários que fazem login de seus endereços IP residenciais como uma anomalia, dessa forma é necessário fazer alguns ajustes para recursos de SIEM sobre bloqueio geográfico nos firewalls, a fim de garantir o login dos colaboradores de qualquer lugar.


Quais são as tecnologias usadas para o acesso remoto seguro?

Acesso Remoto é um conjunto de tecnologias, que juntas fornecem a segurança que as empresas precisam.

EndPoint Security: fornece proteção abrangente contra malware e ameaças zero day. Os sistemas de segurança protegem esses endpoints em uma rede ou na nuvem contra possíveis ataques e ameaças cibernéticas

Virtual Private Network – VPN: permitem que usuários remotos que estão conectados através de uma rede Wi-Fi remota não segura, se conectem a uma rede privada através de um túnel criptografado

 Zero Trust Network Access – ZTNA: requerem uma autenticação antes de cada transação, oferecendo níveis mais altos de segurança para os dados e aplicativos da empresa

Network Access Control – NAC: é responsável por manter ataques cibernéticos fora das redes da empresa, ou seja, sua função básica é aumentar a proteção de uma rede de computadores corporativos.

Como manter a segurança do acesso remoto na empresa?

A segurança do acesso remoto é importante e necessária. Garantir a integridade dos arquivos (onde na maioria das vezes ou quase sempre, são armazenados em nuvem) e evitar que invasões e ataques cibernéticos aconteçam. Um grande desafio para a maioria dos gestores, é manter as informações da empresa longe da possibilidade de vazamento de dados, e isso é possível através da adoção de algumas medidas preventivas.

Separamos aqui algumas dicas para manter sua empresa segura:

A escolha da VPN importa SIM: Já falamos em tópicos anteriores nesse artigo sobre como a VPN funciona. A internet é uma rede pública e para que a empresa transmita dados de forma que eles sejam acessados somente pelos destinatários, é preciso escolher um canal de comunicação adequado. Para isso, existe a VPN que criptografa e codifica as informações e quando os dados chegam ao destino, eles são descriptografados e podem ser acessados pelo usuário. Existem diferentes tipos de VPN:

– RAS (Remote Acess Server ou Servidor de Acesso Remoto): é utilizado para autenticar as credenciais do profissional que utiliza a rede. Juntamente, há um software que conecta os dados através do encapsulamento;

– IPSec (Internet Protocol Secure ou Segurança de Protocolo de Internet): se baseia na autenticação e encriptação de pacotes IP, de forma a proteger as informações;

– SSL (Security Socket Layer): funciona através de um filtro que permite ou nega o acesso a aplicativos específicos. O usuário remoto só poderá utilizar as ferramentas que têm relevância para o seu trabalho e que também são áreas seguras;

Tenha uma política de segurança devidamente planejada: é importante que a empresa tenha uma política de segurança para garantir a proteção de seus dados no acesso remoto. Uma política bem planejada permite que ações mais positivas sejam realizadas em momentos emergenciais, evitando ou minimizando prejuízos em caso de invasões. É preciso saber quais são os níveis de acesso que cada usuário tem e quais dispositivos fazem parte da rede, isso é importante para manter os filtros, senhas e autenticação para o seu uso. Além de ser preciso ter pré-programado alguns procedimentos operacionais padrão para o caso de um urgência, como um ataque cibercriminoso, isso permite que atitudes sejam tomadas rapidamente, minimizando a perda de dados;

Ofereça treinamentos aos colaboradores: organizar treinamentos para que os colaboradores possam entender o funcionamento da rede, as regras que devem respeitar e como utilizar os recursos, é fundamental. O treinamento deve também instruir o colaborador sobre os procedimentos emergenciais para evitar danos com os ataques de vírus ou outros problemas. É importante ter documentado essas regras e tê-las impressas e digitais, além de fornecê-las aos colaboradores;

Invista nos Antivírus e em Firewalls também: sabemos que os firewalls são soluções que filtram a informação e que até permitem que diversos materiais atravessem, mas conteúdos maliciosos e agentes são barrados. Esses recursos têm critérios de segurança e os dados que obedecem a essas regras recebem permissão de acesso, entretanto os itens que estão fora desse padrão são interditados. Enquanto os antivírus são ferramentas que detectam agentes infecciosos e utilizam várias estratégias para combatê-los. Investir nesses recursos é uma ótima estratégia para permitir que o acesso à rede seja mais seguro. Muitos vírus são capazes de invadir e prejudicar os dados da empresa, interceptando arquivos e documentos confidenciais. Investindo em firewalls e antivírus, existe uma proteção a mais no acesso remoto;

Senhas e Criptografias são Importantes:  senhas e criptografia garantem que apenas o usuário habilitado possa acessar os conteúdos permitidos, e por essa razão elas são necessárias, pois minimizam os riscos das invasões. Importante lembrar que as senhas devem ser renovadas periodicamente e precisam ser fortes, senhas com letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais são super bem vindas pois aumentam a proteção. A criptografia se torna fundamental, pois se baseia na tecnologia de transformação do conteúdo em algo que é ininteligível para um agente externo e permite que apenas os usuários habilitados acessem a informação;

Software para Gestão do Negócio estão liberados para uso, viu? Quando a empresa usa softwares para a gestão dos negócios, tem mais facilidade para realizar o acesso remoto, mantendo a segurança da informação. Os softwares para gestão do negócio permitem que o acesso remoto seja uma tarefa simples e facilitam o monitoramento do sistema. Dessa forma, a empresa consegue notificar problemas com antecedência e promover soluções rápidas para as questões, pois a comunicação ocorre com muito mais praticidade e agilidade.

Quais são os benefícios do acesso remoto para sua empresa?

A realização de um trabalho remoto irá possibilitar um suporte técnico ágil e eficaz para a sua empresa. Contudo, essa é apenas uma das características desse modelo de trabalho que beneficia a sua empresa. Existem outras diversas que irão contribuir para potencializar os resultados do seu negócio. Confira a seguir alguns desses benefícios.

Mobilidade: a mobilidade é um dos principais fatores a serem destacados aqui quando o assunto é acesso remoto. Que com acesso remoto é possível acessar determinado computador a quilômetros de distância e que não é necessário estar presente fisicamente no mesmo local que o equipamento de destino, isso já sabemos e é por isso que esse é um fator de destaque, pois é possível contar com uma alta mobilidade geográfica na utilização do acesso remoto;

Redução de custos: os custos envolvidos na operação de uma empresa são reduzidos significativamente. Sem o acesso remoto, é necessário o deslocamento que desprendia o uso de recursos para que acontecesse. Com o acesso remoto, esse deslocamento não se faz mais necessário, o que significa uma economia financeira para a empresa, visto que não há mais necessidade de arcar com os custos de deslocamento dos seus colaboradores;

Otimização do Tempo: acesso remoto possibilitará a prestação de um suporte técnico ágil e eficaz. Como citado no item anterior,  o deslocamento dos colaboradores não é mais necessário, a economia não afeta apenas o financeiro, mas também o tempo. É muito mais fácil prestar suporte remoto do que ter que se deslocar até o usuário para que tal suporte aconteça. E esse item se volta principalmente para os analistas de suporte de uma empresa que podem prestar mais atendimentos em um mesmo dia sempre que necessário;

Produtividade: em consequência dos benefícios que citamos nos itens acima, a produtividade dos colaboradores da empresa é elevada. Através do acesso remoto, é possível trabalhar com todo o aparato de costume (máquina, arquivos e dispositivos) sem sair do mesmo ambiente. A economia de recursos e tempo vindos do uso do acesso remoto fazem com que os colaboradores se tornem mais produtivos, com mais tempo e melhores condições para realizar mais atividades e com uma qualidade ainda maior que antes do acesso remoto;

Maior segurança: o acesso remoto é feito através de uma VPN, como falamos e vale lembrar que a VPN conta com recursos, da mesma forma que em uma rede convencional, que irão barrar qualquer ataque de agentes danosos ao computador. Nesse sentido, os protocolos de segurança utilizados em uma VPN garantem igual proteção aos seus dados, e à movimentação dos mesmos, como em uma rede convencional. Por essa razão, o acesso remoto traz uma segurança maior.


Esses são somente alguns dos benefícios que acesso remoto seguro traz para a sua empresa.

Quais são as desvantagens do acesso remoto?

A empresa deve avaliar com cuidado se o acesso remoto é, de fato, a melhor alternativa para o seu negócio. Embora seja um mundo maravilhoso para muitas empresas e negócios, é preciso citar algumas poucas desvantagens:

Necessário ter uma boa conexão: o usuário depende de uma boa conexão de internet nas duas pontas (tanto do servidor da empresa, quanto do dispositivo que acessa remotamente) Logo não é possível, por exemplo, que um colaborador realize suas atividades a distância se houver uma má conexão de internet na empresa;

Vulnerabilidade e segurança: a falha na segurança é um ponto que precisa de um pouco mais de atenção, se um computador for infectado por um vírus que esteja tentando estabelecer uma conexão a distância pode contaminar o servidor da empresa e provocar sérios transtornos, como o sequestro de dados ou vazamento de informações;

Falta de confiabilidade: por algumas irregularidades ocasionadas por certos imprevistos, como por exemplo, uma má conexão de internet ou falha no servidor, o acesso remoto pode não ser a alternativa mais confiável para a empresa. Afinal, além de problemas com a rede, outros elementos podem afetar a disponibilidade do serviço;

Aplicações Lentas: a velocidade de transmissão de dados. A ferramenta possui um serviço mais lento, principalmente se o tráfego de dados no sistema for alto, pois isso pode prejudicar o desenvolvimento das atividades do setor de tecnologia da empresa.

 Qual a importância do acesso remoto seguro para sua empresa?

O avanço das tecnologias combinado com a transformação digital mostrou que  o deslocamento dos colaboradores para ambiente o físico da empresa, deixou de ser algo necessário, que existe um leque de possibilidades, que há um mundo onde não é preciso estar presencialmente no local de trabalho, algo que otimiza e muito o tempo do colaborador, que pode trabalhar normalmente de onde quiser.

A transformação digital com os avanços tecnológicos trouxe importantes mudanças no mundo e causou um movimento maior no mercado corporativo. Diante disso foi possível visualizar soluções que visam ultrapassar barreiras geográficas e que trazem diversas vantagens para a gestão de negócio da sua empresa.

Com acesso remoto seguro você aumenta e qualifica a produtividade da sua empresa, e por essa e outras razões citadas durante esse artigo que ele se faz tão importante para o seu negócio.

Quer saber mais sobre o acesso remoto seguro? Fale com um de nossos especialistas.

Para maiores informações sobre o tema consulte um de nossos especialistas